As genealogias do Génesis

Artigos Cristãos Traduzidos

Registos históricos com profundo significado teológico

Muitas pessoas vivas hoje não acreditam que as genealogias em Génesis 5 e 11 apresentam a história real. Além disso, muitos cristãos professos não acreditam que essas genealogias contenham uma sequência completa (sem lacunas) das gerações de Adão a Abraão. Por exemplo, num artigo que apareceu no site do BioLogos em julho (2021), Richard Middleton afirmou: “Seria um erro usar genealogias na história primitiva (Génesis 1-11) para calcular a idade de a terra ou a raça humana. ”1 Ele afirma que ler as genealogias de Génesis dessa maneira impõe expectativas modernas de precisão sobre um texto antigo que foi escrito para propósitos diferentes. Mas pelo contrário, são os estudiosos atuais (como Middleton) que impõem interpretações modernas ao texto antigo. Antigos estudiosos judeus e essencialmente todos os estudiosos cristãos antes de meados do século 19 entenderam que essas genealogias apresentavam uma lista completa dos nomes…

View original post 3,635 more words

HAMÃ: O espírito de AMALEQUE

Rainha Ester

haman.png

Hamã era filho de Hamedata, o “agagita”, sendo assim da realeza amalequita, fato que explica o ódio que sentia pelos judeus. Era servo do Rei Assuero, da Pérsia, e tornou-se primeiro-ministro do Império Persa. Tramou a destruição de Mordecai e de todos os judeus no império, retratando-os como indesejáveis e violadores da lei. Orgulhoso e soberbo foi humilhado e desmascarado pela Rainha Ester em um banquete oferecido ao Rei. Morreu na forca que havia preparado para pendurar Mordecai.

Hamã manifestava as características dos amalequitas. Possuía um ódio assassino aos judeus, mostrando um espírito orgulhoso, altivo, egoístico, com extremo ciúme e inveja de outros. Praticava a mentira, o engano e mostrou-se medroso quando seus planos foram frustrados.

Os amalequitas foram “o primeiro povo” que atacou os israelitas, sem provocação prévia, quando eles saíam do cativeiro do Egito rumo à Terra Prometida, em Refidim, perto do monte…

View original post 536 more words

Mas, se é pelo dedo de Deus que eu expulso os demônios, então chegou para vós o Reino de Deus.

De Corpo e Alma

5ª-feira da 3ª Semana da Quaresma

28 de Março de 2019

Evangelho – Lc 11,14-23

Quem não está comigo, está contra mim.
+ Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo São Lucas 11,14-23

Naquele tempo: 14Jesus estava expulsando um demônio que era mudo. Quando o demônio saiu, o mudo começou a falar, e as multidões ficaram admiradas. 15Mas alguns disseram: ‘É por Belzebu, o príncipe dos demônios, que ele expulsa os demônios.’ 16Outros, para tentar Jesus, pediam-lhe um sinal do céu. 17Mas, conhecendo seus pensamentos, Jesus disse-lhes: ‘Todo reino dividido contra si mesmo será destruído; e cairá uma casa por cima da outra. 18Ora, se até Satanás está dividido contra si mesmo, como poderá sobreviver o seu reino? Vós dizeis que é por Belzebu que eu expulso os demônios. 19Se é por meio de Belzebu que eu expulso demônios, vossos filhos os expulsam por…

View original post 396 more words

Leão, boi, homem e águia: as quatro faces de Cristo!

Pr. Jeann


Cl 1:16, Ez 1:10
Jesus é o personagem mais impactante da historia, na terra, acima da terra e embaixo dela!
Tudo foi criado para expressar a Cristo. Cada ser, cada criatura em algum aspecto expressa a Cristo. E isso não se limita somente as criaturas terrenas, mas as celestiais também.
Na profecia de Ezequiel, temos uma ilustração do caráter e papel de Cristo através da revelação que o profeta teve.
No livro de Ezequiel temos a figura de Jesus representada em quatro retratos. Ele é descrito como LEÃO, BOI, HOMEM E ÁGUIA. Ez 1:10 cf. 10:14
O numero quatro na bíblia representa a totalidade da criação.
·         São quatro seres e cada um com quatro rostos e quatro asas.
·         Os quatro limites da terra (Is. 11: 12),
·         Os quatro ventos (Ez. 37: 9),
·         Alargura, o comprimento, a profundidade e a altura

View original post 1,618 more words

ISAÍAS 29 – COMENTÁRIO ROSANA BARROS

Reavivados por Sua Palavra


“Ai dos que escondem profundamente o seu propósito do SENHOR, e as suas próprias obras fazem às escuras, e dizem: Quem nos vê? Quem nos conhece?” (v. 15).


A “Lareira de Deus” (v. 1), Jerusalém, foi tida por culpada diante de Deus. Seus habitantes continuavam com suas práticas religiosas sem se dar conta de que estavam festejando de si para si mesmos. O juízo do SENHOR sobreviria “de repente, num instante” (v. 5). E o povo se humilharia perante Deus até ao pó (v. 4). A atitude que não buscaram em tempo de bonança, teriam ao sobrevir as grandes manifestações da parte “do SENHOR dos Exércitos” (v. 6): santificariam o Seu nome e temeriam o Deus de Israel (v. 23).

A cegueira espiritual e a hipocrisia, são, sem dúvida alguma, os maiores perigos na vida do cristão. “O espírito de profundo sono espiritual” (v. 10) faz com que qualquer revelação…

View original post 674 more words

Dalai Lama: uma “santidade” Illuminati

Conspiração Global 21

A recente onda de autoimolação de monges tibetanos despertou atenção da mídia. Dalai Lama denuncia ‘genocídio cultural’ e culpa China por auto-imolação de monges’. Não sendo própriamente um exemplo de democracia, a China não deixa de ter alguma razão.

Os Estados Unidos através dos média apresentam o líder espiritual tibetano como um defensor da paz, simpático e bonacheirão. O que nunca é dito é que o Dalai Lama foi sempre financiado pela CIA.

O Tibet: um paraíso do feudalismo

O primeiro rei do Tibet, Srong-btsan-sgam-po, foi casado com princesas tibetanas e chinesas. Da introdução do budismo por volta de 650, que se misturou às crenças animistas nativas tibetanas, resultou uma nova religião: o lamaismo.

Pouco a pouco os primeiros mosteiros foram construídos no Tibet. A China deu total apoio aos reis tibetanos no poder e que mais tarde passariam a ser chamados de Dalai Lama. Não tendo os monges descendência real, os…

View original post 1,336 more words

Seja uma Vasilha Nova – Adalto Silva

Uma Pequena Mensagem de Deus

[Ministrada na Concha Acústica, durante o Sexta Life, do Hangar 7 Church, no dia 12/05/2017.]

2 Reis 2:19-22 diz: “Alguns homens da cidade foram dizer a Eliseu: “Como podes ver, esta cidade está bem localizada, mas a água não é boa e a terra é improdutiva”. E disse ele: “Ponham sal numa tigela nova e tragam-na para mim”. Quando a levaram, ele foi à nascente, jogou o sal ali e disse: Assim diz o Senhor: ‘Purifiquei esta água. Não causará mais mortes nem deixará a terra improdutiva’. E até hoje a água permanece pura, conforme a palavra de Eliseu.

Ele está falando de uma cidade bem localizada. Por exemplo, temos Indaiatuba, a cidade que é eleita a nº1 do país. Ela é uma cidade bem localizada.

Existem alguns momentos da nossa vida que parece que ela não anda. As coisas não acontecem do jeito que queremos,  que as…

View original post 671 more words

O Numero PI, na Bíblia Sagrada

Bíblia & Ciência

Discrepância numérica na Bíblia? (Medidas)

PI na Bíblia

Na matemática, scriptstyle{pi} é uma proporção numérica que tem origem na relação entre o perímetro de uma circunferência e seu diâmetro; por outras palavras, se uma circunferência tem perímetro scriptstyle p e diâmetro scriptstyle d, então aquele número é igual a scriptstyle p/d. É representado pela letra grega π. A letra grega π (lê-se: pi), foi adotada para o número a partir da palavra grega para perímetro, “περίμετρος”, provavelmente por William Jones em 1706, e popularizada por Leonhard Euler alguns anos mais tarde. Outros nomes para esta constante são constante circular, constante de Arquimedes ou número de Ludolph. O valor de pi pertence aos números irracionais. Para a maioria dos cálculos simples é comum aproximar {pi} por 3,14. Uma boa parte das calculadoras científicas de 8 dígitos aproxima pi por 3,1415926. Para cálculos mais precisos pode-se utilizar pi cong 3,1415926535897932384626433832795028841971693993751058 com 52 casas decimais.3 Para cálculos ainda mais precisos pode-se obter aproximações de pi através…

View original post 384 more words

II SAMUEL 4 – COMENTÁRIO PR. HEBER TOTH ARMÍ

Reavivados por Sua Palavra

O que Deus te falou através deste capítulo bíblico?

Hoje, fique junto de mim enquanto caminhamos por este comentário a fim de que alcancemos interpretações corretas que atinjam profundamente nosso imperfeito coração.

Estes 12 versículos podem ser sumarizados conforme sintetizado por Matthew Henry:

1. Dois de seus próprios servos [Baaná e Recabe] o mataram [a Isbosete, filho de Saul, que reinava em Israel ignorando Davi], e levaram sua cabeça a Davi (vs. 1-8).

2. Davi, em vez de recompensá-los, os condena à morte pelo ato praticado (vs. 9-12).

Aqueles que executaram traiçoeiramente Isbosete foram executados por ordem de Davi. Pois, Davi não era favorável à vingança ou aderente à cultura a qual ditava que, ao assumir o trono, o rei devia matar todos os familiares do antigo rei. Assim, “os cadáveres dos benjamitas serviam como lembrete público de que Davi recusava obter o trono de Israel pela força” (Ben F…

View original post 232 more words